Os resultados falam por nós. Feliz 2010!


Os resultados falam por si tivemos altos e baixos esse ano

E sempre aprendemos com os erros

hoje Estamos crescendo mesmo com milhares de dificuldades, só quem tem um comercio sabe .

Sei que os clientes esperam um ótimo atendimento um bom preço Etc..

E acho que conseguimos oferecer um bom atendimento com um bom preço esse ano.

fim de ano agente sempre faz uma reflexão de como foi o ano

se você é um professor refletimos como foi os alunos durante o ano

se você é um advogado refletimos sobre os processos durante o ano

se você é um ator refletimos sobre nossa atuação durante o ano

e assim por diante


e o comerciante não é diferente


puxa o que dizer de um ano inteiro...


temos muito que melhorar e tenho certeza que estamos no caminho certo


em 2010 continuaremos aqui oferecendo mais por menos.


feliz 2010 para todos vocês clientes que estão sempre aqui conosco

Quem for aos cinemas conferir o desenho animado "A Princesa e o Sapo" vai se deparar com a mais brasileira produção que o Walt Disney Studios já fez.


Isso porque além da participação do ator Bruno Campos fazendo a voz do príncipe Naveen, interesse romântico da protagonista do filme, a jovem Tiana, o longa teve parte de sua produção realizada no Brasil.


O responsável pela façanha é o estúdio HGN Produções, localizado na cidade de São Paulo. Nele foram produzidas as etapas de interpolação (movimentos intermediários), clean up (traço final), pintura e composição digital do longa.

O convite, explica o fundador do HGN, Haroldo Guimarães Neto, surgiu de forma natural, pois o estúdio já havia trabalhado em séries de televisão da Disney e participou da produção do curta-metragem do Pateta “How to Hook Up Your Home Theather”, produção em 2D que serviu de ensaio para "A Princesa e o Sapo".

"Eles escolheram a dedo os estúdios envolvidos no projeto, que teve início em novembro de 2008 e só acabou em setembro deste ano", explica Haroldo. "Para tanto tivemos que adaptar o estúdio para trabalhar e enviar diariamente arquivos super-pesados em alta definição."



Entre os processos feitos no Brasil estão os desenhos à lápis de diversas cenas, a movimentação intermediária das personagens, a pintura digital e pré-composição, que consiste em juntar os cenários com as personagens.

"Recebíamos as cenas inteiras em papel e formato digital, e a partir daí começávamos o nosso trabalho. Lá eles deixaram para fazer os efeitos da animação, como os brilhos das cenas iluminadas pelos vaga-lumes", conta Haroldo.

Apesar do entusiasmo pela retomada da animação em 2D, ele reconhece que o trabalho é bem mais árduo que o realizado nas produções integralmente digitais, onde as personagens já estão criadas e só precisam ser animadas.

"Para fazer um filme em 2D você conta com um exército de artistas que desenham de formas diferentes. Daí vem o desafio desse tipo de animação: fazer com que cada personagem siga o padrão definido pela Disney."



Apesar do grau de perfeccionismo, Haroldo admite que uma pessoa com olhar treinado e compreensão dos processos de produção pode notar diferenças de traços em uma animação. "Quem é da área percebe essas nuances, por exemplo, no primeiro longa do 'Alladin'", completa.

Assim como o produtor John Lasseter, o animador brasileiro aposta no sucesso da produção, que de acordo com ele vem acompanhada de uma campanha de marketing semelhante ao de um grande triunfo da Disney, o longa-metragem "Rei Leão".

"Pelo que vimos na festa organizada pela Disney em Los Angeles, com a cidade coberta por outdoors do filme, a chance de ser um sucesso é enorme. E se você tem um ótimo roteiro, como é o caso de 'A Princesa e o Sapo', é muito difícil isso não acontecer."

Humor

ATRÁS DE UM GRANDE HOMEM UMA GRANDE MULHER




















Thomas Wheeler, alto executivo de uma multinacional, viajava com sua mulher por uma estrada interestadual quando notou que o carro estava com pouca gasolina. Ele parou num posto muito simples, com apenas uma bomba de combustível. pediu ao único atendente que enchesse o tanque e verificasse o óleo enquanto ele dava uma volta para esticar as pernas.
Ao retornar para o carro, percebeu que o frentista e sua mulher estavam num papo animado. mas, quando voltava para o carro, ele viu o rapaz acenar e dizer:
- Foi ótimo falar com você.
Ao sair do posto, o marido perguntou à mulher se ela conhecia o atendente. Ela imediatamente admitiu que sim. Tinham freqüentado a mesma escola e ela o namorara por cerca de um ano.
- Puxa, você teve sorte de eu ter aparecido – Wheeler se vangloriou.
- Se tivesse casado com ele, seria agora a esposa de um frentista de posto de gasolina em vez de ser esposa de um alto executivo.
- Meu querido – respondeu a mulher -, se eu tivesse me casado com ele, ele seria o alto executivo e você, o frentista do posto de gasolina.

Megan Fox fala sobre infância, carreira, tatuagens...

"Crepúsculo" - 'Lua Nova'


A saga 'Crepúsculo', cujo primeiro livro foi lançado em 2005, é de autoria da dona de casa americana Stephenie Meyers e se tornou um bestseller em três anos. É composta de quatro livros - 'Crepúsculo', 'Lua Nova', 'Eclipse' e 'Amanhecer' - e há boatos de que a autora prepara um quinto livro, no qual o vampiro Edward, o mocinho da história, conta os fatos a partir de seu ponto de vista. No Brasil os livros são editados pela Intrínseca



Sim, os fãs da série escrita por Stephenie Meyer estão se multiplicando como leucócitos em tempos de gripe suína e graças a eles - e aos 380 milhões de dólares que geraram nas bilheterias mundiais com o Crepúsculo - a Summit teve dinheiro para bancar não apenas o segundo, mas também o terceiro capítulos da série, que foram filmados um em seguida do outro. A Saga Crepúsculo: Lua Nova (Twilight Saga: New Moon, 2009) estreia agora e Eclipse já está programado para junho de 2010.

Sabendo que está falando para um público fanático, o diretor Chris Weitz (que substitui sem deixar saudade a fraca Catherine Hardwicke) não perde tempo com flashbacks. Quando o filme começa, é aniversário de Bella (Kristen Stewart)

e a passagem do tempo pesa muito para ela, afinal, seu purpurinado amado Edward (Robert Pattinson) não envelhece. Na festa na casa dos Cullen, Bella sofre um corte de papel e quase é atacada por um dos irmãos. É o início do drama do esbranquiçado Romeu, que percebe o risco que sua Julieta corre ao ficar ao seu lado e decide se afastar. Inventa, então, uma historinha furada que ela não é boa o suficiente para ele e some de Forks, a cidadezinha onde viviam.

Não sem antes explicar para ela quem são os Volturi, a realeza de sua raça, e o que eles fazem.

O Clube Recomenda


Sinopse: Um filme inspirador sobre os esportes – The Hollywood Reporter Rick Penning vive sua vida da mesma forma que joga rugby: rápida, forte e intensamente। Quando ele vai parar na prisão devido a um acidente de trânsito, conhece Marcus Tate, que lhe oferece a chance de voltar a jogar pelo seu antigo time rival। Relutante, Rick decide entrar para o time e deve passar por uma forte rotina de treinamentos e duras normas de conduta impostas pelo novo treinador। Rick então precisa enfrentar uma grande prova de fogo ao ter que enfrentar o atual time campeão que é treinado justamente pelo seu pai.

Em cartaz Garota Infernal


Um filme de terror sexy, com um estranho senso de humor, Garota Infernalconta a história da estudante Jennifer (Megan Fox), que mora em uma pequena cidade e é possuída por um demônio faminto.

Ela passa de "a garota diabólica da escola" (aquela que sabe que é a mais bonita), metida e arrogante, ao mal em pessoa. A garota de beleza estonteante se torna uma criatura pálida e doentia, louca por um pedaço de carne; os rapazes que nunca tiveram chance com a moça desalmada ficam fascinados com o apetite insaciável de Jennifer.

Enquanto isso, sua melhor amiga, Needy (Amanda Seyfried), que sempre viveu à sombra de Jennifer, precisa proteger os jovens da cidade, inclusive Chip, seu namorado nerd (Johnny Simmons).


Diretor confirma terceiro 'Os Caça-Fantasmas'


O diretor da saga Os Caça-Fantasmas, Ivan Reitman, confirmou neste sábado (10) no Festival de Cinema Fantástico de Sitges (na Cataluña, na Espanha) que rodará um terceiro filme, com vários atores da equipe original, inclusive a atriz Sigourney Weaver.
"Fui o produtor e o diretor dos dois primeiros filmes da série e seria bastante raro que não fosse do terceiro. Muitos de nós repetiremos e Sigourney Weaver também", disse o diretor dos dois filmes emblemáticos dos anos 80.

Reitman, que está prestes a completar 63 anos, é um dos maiores diretores de comédia. Ele disse que já tem o roteiro do filme, mas não quis revelar mais nada. "Já tenho um rascunho. Falei com todos os atores e o roteirista".

"O sucesso de Os Caça-Fantasmas não está somente nos efeitos especiais, mas nos personagens e na história. Eles eram como bombeiros que saem para caçar fantasmas e a ideia era inovadora na época, assim como associar humor e ficção", afirmou o diretor.

Estúdios de Hollywood cortam cabeças para se adaptar às mudanças

Dois dos maiores estúdios de Hollywood, Universal e Disney, deram o bilhete azul para alguns de seus mais altos executivos nas últimas semanas, em meio a uma difícil fase do setor, que tenta se adaptar à era digital e à dramática queda nas vendas de DVDs.
A Disney demitiu Dick Cook, chefe dos estúdios e figura muito apreciada no meio hollywoodiano, enquanto a Universal cortou as cabeças de seus presidentes Marc Shmuger e David Linde. Há alguns meses, MGM e Paramount já haviam feito movimentos semelhantes em sua diretoria.

"Estas mudanças mostram as fortes tensões que a indústria do entretenimento atravessa, sobretudo o cinema", em um momento no qual "a transição entre meios tradicionais e novos" exige que seja um encontrado um novo modelo econômico, ressalta Jason E. Squire, professor de indústria do cinema da Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles.

Com os jovens consumidores cada vez mais adaptados à vida com celulares, internet e videogames, "o DVD deixou de ser o salva-vidas que durante muito tempo foi e os estúdios precisam adaptar sua estratégia", observa por sua vez Brandon Gray, dono do site Boxofficemojo.com, que analisa o desempenho da bilheteria dos estúdios.

De acordo com a Digital Entertainment Group, as vendas de DVDs caíram 9% em 2008 e 13,5% nos primeiros seis meses de 2009, o que representa uma verdadeira enxaqueca financeira para os estúdios, que não conseguem se sustentar apenas com a arrecadação das salas de cinema.

A Disney, que decidiu substituir Dick Cook por Rich Ross, ex-chefe da Disney Channel, parece ter feito a escolha estratégica de "se concentrar no que sabe fazer melhor: filmes para a família", mantendo-se como "um ator importante do 3D", aponta Gitesh Pandya, do site boxofficeguru.com, analista da indústria do cinema.

"A Disney queria alguém que pudesse trabalhar com todo o grupo, para que os ramos de produtos derivados, televisão e internet sejam igualmente lucrativos, e não apenas o estúdio", explica Mark Gill, chefe da produtora The Film Department e ex-diretor da Miramax.

Rich Ross, que desenvolveu na plataforma da Disney Channel franquias lucrativas como "Hannah Montana" e "High School Musical", tem exatamente o perfil que o estúdio buscava.

Na Universal, o problema é principalmente de ajustes financeiros. O fracasso de filmes caros, como es sobre todo de ajustes financieros. El fracaso de películas que costaron muy caras, como "Funny People", "A terra perdida" ("Land of the Lost"), "Brüno" e "Inimigos públicos" ("Public enemies"), fizeram encolher o tamanho do mercado ocupado pelo estúdio este ano para 8,5%, muito abaixo dos outros grandes ''grandes'', como Warner, Paramount, Columbia, Fox e Disney.

Para Mark Gill, que acaba de produzir "Law abiding citizen", com Gerard Butler e Jamie Foxx, a desconstrução da Universal ilustra o problema fundamental dos grandes estúdios: custos "muito mais elevados em relação ao mercado".

As grandes casas do cinema "precisariam reduzir seus custos em mais de 50%", estimou.

O Clube Recomenda

A introdução não oferece muitos detalhes, mas um desastre está para atingir a Terra e a única forma de proteger os seres humanos é confinando-os em uma verdadeira metrópole criada no subterrâneo। Duzentos anos depois, os descendentes deles poderiam sair e voltar para o lado de fora. Para que pudessem saber essa hora exata, foram colocadas instruções detalhadas dentro de uma caixa, que conta com um contador que vai de duzentos até zero.





Lula projeta Brasil como 'potência olímpica' em dez anos

"Daqui a dez anos, quero que o Brasil seja uma potência olímpica. Nós temos condições para isso", afirmou Lula. "Fomos muito profissionais para preparar a nossa vitória. Vamos ser muito mais profissionais para preparar o Brasil para a Olimpíada", prometeu. Para atingir esse patamar, o plano revelado pelo presidente é de reunir as federações esportivas e cobrar "metas".


"Nós vamos ter de fazer uma reunião com os presidentes de federações de todos os esportes e exigir que eles apresentem um programa de metas. Onde queremos chegar no boxe, no basquete, nos Jogos Olímpicos?", questionou Lula. Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), reiterou o projeto. "Vamos estabelecer um roteiro de trabalho. Mas eu tinha de ter um trunfo. Agora eu tenho", disse, referindo-se à escolha do Rio.

Como modelo para as federações, Nuzman deixou a entender que vai apresentar o trabalho que ele mesmo fez à frente da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), a qual assumiu no final dos anos 70. "Éramos a 13.ª nação no vôlei nos anos 70 e, em sete anos, fomos prata [nos Jogos de Los Angeles, em 1984]. Depois, conseguimos ser campeões [em Barcelona-1992]. Portanto, a receita nós temos. Não podemos obrigar ninguém a seguir ela, mas podemos tentar."



Nuzman também acredita que é preciso mudar a "cultura esportiva" no País. "No Brasil, perder é um crime. Temos de encarar as coisas de forma diferente. O próprio presidente Lula diz que perdeu três eleições e hoje é o presidente mais popular. No Brasil, se não ganhar não serve. Temos de mudar essa cultura", afirmou. "A pressão sobre os atletas é enorme. Eles não devem viver sobre a pressão de ser campeões."

Para "mudar a cultura", porém, Nuzman terá de começar pelo próprio presidente da República. Na mesma entrevista concedida na manhã deste sábado, Lula afirmou, em tom de brincadeira: "Nós vamos ganhar pela primeira vez o campeonato de futebol nas olimpíadas do Rio de Janeiro. Se essa molecada não ganhar, nós vamos dar um cascudo neles. Tem de ganhar agora!", brincou.

Lázaro Ramos interpretará Roque Santeiro no cinema


O diretor Daniel Filho já escolheu o ator que protagonizará o filme Roque Santeiro, baseado na novela de 1985. De acordo com a coluna Sessão Extra, do jornal Extra, Lázaro Ramos encarnará o personagem eternizado por José Wilker, no ano que vem.

"É um Roque Santeiro, independentemente de ser negro. Tenho tantos atributos, além desse. Sou negro, jovem, baiano", declarou o ator, em entrevista à coluna.

Na época em que a novela foi exibida pela TV Globo, Lázaro tinha oito anos de idade e, segundo ele, não perdia um capítulo. "Além de ser meu personagem favorito, Roque Santeiro é um símbolo da cultura brasileira. Foi a primeira vez que tive acesso a algo que discutia a fé, por causa da quebra do conceito da ideia de santo", explicou.

No longa, o ator contracenará com Antonio Fagundes, na pele de Sinhozinho Malta, e Fernanda Torres, intérprete da Viúva Porcina.

Schwarzenegger pode ter participação especial em novo 'Predador'

O site Latino Review soltou algumas informações sobre o roteiro que o cineasta Robert Rodriguez está fazendo com o remake de Predador e, de acordo com as informações, o texto prevê uma participação de ninguém menos que Arnold Schwarzenegger no novo filme.


A lembrar que no original, de 1987, Schwarzenegger era a maior estrela do filme que apresentou um dos mais implacáveis monstros do cinema.

A participação do atual governador da Califórnia ainda não foi confirmada pela produção do novo Predador. O remake está sendo produzido por Rodriguez e será dirigido por Nimrod Antal. A previsão de lançamento é para julho de 2010.

Google lança Banco Imobiliário Online

O Google está se juntando à Hasbro, uma das maiores fabricantes de jogos de tabuleiro do mundo, para criar uma versão on-line do clássico "Monopoly", conhecido no Brasil como "Banco imobiliário". A ideia é usar o Google Maps como tabuleiro para que os jogadores possam escolher entre milhares de ruas ao redor do mundo mostradas no serviço de mapas da gigante de buscas para comprar, informou o site do jornal britânico "Daily Mail".



Baseado nos mesmos moldes da versão tradicional, o "Monopoly" on-line permitirá que os jogadores construam não só as já habituais casas e hotéis de luxo, como também seus próprios estádios de futebol e arranha-céus. Já os cartões de sorte ou revés darão aos jogadores a chance de construir prisões e lixões em ruas pertencentes a seus rivais.

Os jogadores começam o game gratuito com um montante de US$ 3 milhões, com os quais podem escolher que locais querem comprar. A Avenida Pensilvânia, em Washington, onde fica a Casa Branca, custa US$ 2 milhões, por exemplo.

Já o aluguel é pago automaticamente, com diárias que variam de US$ 50 mil, para uma casa, a US$ 100 milhões, correspondentes a um arranha-céu. "É uma chance de escapar da realidade dura da recessão e divertir-se construindo um império", disse a Hasbro.


fonte http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1296292-6174,00-BANCO+IMOBILIARIO+GANHA+VERSAO+ONLINE+INTEGRADA+AO+GOOGLE+MAPS.html

HUMOR AS RESPOSTAS DOS HOMENS...


MULHERES - Dirigimos melhor...
RESPOSTA DOS HOMENS - Melhor que cegos!

MULHERES - Não ficamos carecas...
RESPOSTA DOS HOMENS - Se cabelo fosse bom não nascia embaixo do braço.

MULHERES - Temos um dia internacional...
RESPOSTA DOS HOMENS - Os outros 364 são nossos!

MULHERES - Temos prioridade em botes salva-vidas...
RESPOSTA DOS HOMENS - Nós sabemos nadar!

MULHERES - Uma greve de sexo consegue qualquer coisa...
RESPOSTA DOS HOMENS - Inclusive um par de chifre! (SEM cOMENTÁRIOS....KKKKKKKKK)

MULHERES - A programacão da TV é 90% voltada pra nós...
RESPOSTA DOS HOMENS - Nós temos DVD (e sabemos usar!)!

MULHERES - Somos os primeiros reféns a serem libertados...
RESPOSTA DOS HOMENS - Porque nem sequestradores aguentam vocês! (Boooooa...!!!)

MULHERES - A idade não atrapalha nosso desempenho sexual....
RESPOSTA DOS HOMENS - Mas atrapalha pra arrumar parceiro sexual! (Boooooooa....!!!!)

MULHERES - Somos nós que somos carregadas na noite de núpcias...
RESPOSTA DOS HOMENS - Caso contrário vocês podem se perder!

MULHERES - Se somos traídas, somos vítimas; se traímos, eles são cornos....
RESPOSTA DOS HOMENS - Se somos traídos elas são putas, se traímos somos garanhões!

MULHERES - Somos capazes de prestar atenção a várias coisas ao mesmo tempo...
RESPOSTA DOS HOMENS - Mas incapazes de executar ao menos uma completa de cada vez! (Essa doeu...!!!!)

MULHERES - 98% da indústria de cosméticos e 89% da indústria da moda são voltadas pra nós....
RESPOSTA DOS HOMENS - 98% da indústria de cerveja e 89% da indústria automobilística são voltadas para nós!

MULHERES - 99% dos homens não cuidam da aparência pessoal...
RESPOSTA DOS HOMENS - 99% da beleza feminina sai com água e sabão! (Booooooa.... !!!)

MULHERES - Não nos desesperamos em frente a um campo de grama com 1 bola e 22 mulheres...
RESPOSTA DOS HOMENS - Nós não nos desesperamos frente ao pedal da embreagem! (kkkkkkkkkk....!!!!!)

MULHERES - Fazemos tudo o que um homem faz, e de salto alto!...
RESPOSTA DOS HOMENS - Quero ver mijar em pé! (....rsrsrsrs)

MULHERES - Podemos dormir com nossas amigas sem sermos chamadas de lésbicas...
RESPOSTA DOS HOMENS - Podemos dormir com suas amigas que elas não contam pra vocês! Uuuhauhauhahuuuu...

"Fazer filmes para a massa é mais difícil", diz diretor de "Os Normais 2"


O cineasta José Alvarenga Jr. fala com orgulho de seu maior "fracasso" nos cinemas, num mercado onde "sucesso" é atingir 1 milhão de espectadores: ele levou "apenas" 980 mil pessoas para ver "Zoando na TV" (1999), com Angélica.

"Quero fazer filmes para a massa. Isso é muito mais difícil", diz o diretor carioca, 48, que já contabilizou 3 milhões de público com "Os Normais" (2003)

"Essa massa é uma intuição, você tem que descobrir quais diálogos dentro do seu filme que vão chegar nessa massa [...] E quando bate um milhão, é porque o filme saiu do gueto da classe média, quer dizer que sua empregada já viu, seu porteiro ou o trocador já viu."

Talvez esta intuição venha de sua experiência na TV, onde seu público é na casa das dezenas de milhares para os seriados que dirige para a Globo, como o próprio "Os Normais", "Força-Tarefa" e "Os Aspones".

Mas, ao contrário da TV, onde o diretor tinha reuniões semanais para saber o que podia entrar ou não na série "Os Normais", no cinema a trama despirocou geral. Desta vez, o casal Vani (Fernanda Torres) e Rui (Luiz Fernando Guimarães) passa a noite atrás de uma mulher para fazer sexo a três, na tentativa de espantar o tédio da relação de 13 anos. Algumas atrizes convidadas encaram o papel desta provável companheira, como Claudia Raia, Drica Moraes e Alinne Moraes.

Como no primeiro filme, as piadas seguem num tom que dificilmente passaria na TV. "Acho que a gente está no limite, mas não cai na vulgaridade", diz Alvarenga Jr. "Agora, dependendo do olhar de quem vê, isso pode ser vulgaridade."

O diretor conta que pensou muitas das piadas para seu filho de 14 anos, uma faixa etária que ele acredita ser o novo público do seriado criado em 2001 e que deve voltar à TV em 2010.

"É uma geração de caras muito mais ligados às barbaridades do humor. O humor deles é muito mais escrachado do que era o nosso", diz, ressaltando que, no entanto, o Brasil é ainda um país conservador. "A sociedade brasileira aparenta ser mais sacana, mais liberal, mas quando isso é externalizado, ela é mais conservadora."

Fogo amigo

Alvarenga Jr. tem também no currículo "blockbusters" com os Trapalhões e a Xuxa. Lançou neste ano "Divã", que fez quase 2 milhões de espectadores. Seus filmes recentes são cria da Globo Filmes, que já foi acusada de monopólio dos filmes nacionais. Recentemente, também recebeu fogo amigo da própria atriz global Deborah Secco, em entrevista à Folha. Para ela, fazer a personagem Bruna Surfistinha será sua verdadeira estreia no cinema, já que para ela não contam "esses filmes muito globais", como "Casseta & Planeta" e "Xuxa".

Para Alvarenga, a declaração é um disparate. "Às vezes você está envolvido em projetos que não são os seus projetos ideais. Mas isso faz parte do jogo", diz. "O artista que chega num momento de sucesso, ele já cantou em bar. Eu já cantei em bar, eu já fiz clipe do Dominó, saca?"

Ele lembra de quando estreou na direção de cinema, aos 26 anos, com "Os Heróis Trapalhões - Uma Aventura na Selva" (1988). "Não era o meu sonho dirigir o Renato Aragão, mas eu fui convidado para fazer e fiz com a maior dignidade [...] Foi um puta aprendizado. É a lógica do amadurecimento."

O diretor afirma que hoje já faz seu cinema ideal. Ele vai rodar seu próximo longa ainda neste ano, "Cilada.com", e fazer um musical com canções de Frejat e Leoni. "Cada filme meu é autoral. "Os Normais" é minha cara, essa sacanagem, brincadeiras, sou eu."


fonte http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u616167.shtml

Japão-------------Japão------------- Japão


Sempre que possível entro no Google Analytics para ver a quantidade de acessos etc.. mas é sempre uma surpresa encontrar pessoas no Japão acessando esse humilde blog obrigado alguns japoneses ou talvez brasileiros que moram La por seus acessos risos

google analytics o que e?
http://pt.wikipedia.org/wiki/Google_Analytics

OS VALORES QUE CONSTROEM OU DESTROEM O CASAMENTO








Muitos, casais por exemplo, não querem se separar apenas pelo medo de serem obrigados a dividir os bens materiais que construíram na trajetória da vida em comum; outros, com medo de iniciar uma nova fase da vida, sem saber o destino que lhes é reservado; outros, ainda, sem saber como ficarão os filhos após o término da separação; outros, com medo de passar o resto da vida na solidão, prevendo a dificuldade de um novo relacionamento com outra pessoa, quando tal situação nunca fora prevista em seus planos já que abraçaram o casamento “até que a morte os separassem”. Assim, mil e uma razoes conflitantes

A grande coincidência, é que quem literalmente chora mais nessas situações são as mulheres. Só que quando estas “param” de chorar e decidem tomar uma atitude definitiva, são os homem que passam a chorar. Homens, inicialmente, não querem se separar de suas mulheres. O que eles querem, na realidade, é continuar a manter a situação vivida como está. Se ele tem, por exemplo, uma namorada ou uma amante em sua vida, ele acha que tudo isso é um caso passageiro, e, com o tempo, a situação deverá voltar a normalidade. Ocorre que, normalmente, isso muitas vezes não acontece na prática, já que o envolvimento amoroso sempre se aprofunda de maneira perigosa, colocando em risco a integridade da família.



Muitos maridos deixam, propositadamente, de usar a famosa aliança, usando como desculpa estórias ridículas e infantis como subterfúgio para sua vergonhosa atitude, dizendo, por exemplo, que “aliança não segura casamento”, ou que “com ou sem aliança ele paqueraria do mesmo jeito”, quando sabemos que isto não é verdadeiro, já que se ele usou a aliança no noivado e nos primeiros anos (ou somente nos primeiros dias) do casamento, porque não continuar usando ? A aliança, na nossa tradição, sempre representou (mesmo que muitos assim não encarem) o comprometimento do casamento. Quando algum dos cônjuges simplesmente deixa de usá-la, alegando até mesmo “alergias” e “desconforto no dedo”, é um mau sinal. É uma sinalização de que ele se encontra “livre” e “descompromissado” para o que der e vier.



Muitos maridos não tem hora certa para chegar em casa, chegando muitas vezes até altas horas da noite, isto quando não mesmo dormindo fora. Nada justifica tal atitude, a não ser que o mesmo seja “guarda noturno”, “médico plantonista”


É comum, por outro lado, começarem a surgir repentinas viagens improvisadas onde a esposa nunca poderá ir, muitas vezes de maneira contínua e curiosa, viagens estas que nunca trazem qualquer resultado positivo em prol da família.



Dentro do lar, tais maridos são verdadeiros “estranhos”, não participam de absolutamente nada juntamente com a família, estão sempre alheios aos acontecimentos domésticos, e, quando são chamados, agridem deliberadamente e sem qualquer motivo justificado a quem o “incomodou”. Está sempre nervoso com tudo e com todos, é impaciente com a esposa e com os filhos, achando sempre defeitos para criticar e humilhar a todos, tornando-se aos poucos uma pessoa desagradável. Está sempre curiosamente saindo sozinho em seus passeios, deixando a esposa e os filhos em segundo plano, nunca tendo tempo para os mesmos.



Do ponto de vista sexual, é cada vez mais frio e indiferente com a esposa, chegando ao ponto desta vir a notar. Dificilmente procura a esposa sexualmente, e, quando procura, é apenas para cumprir seu papel de “macho” da casa, a fim de não deixar qualquer brecha para que sua esposa venha a procurar outro homem. Usa deste artifício para que ela nunca venha a pensar que ele tenha outro relacionamento. Mas o seu contato, ou é muito “frio”, ou é “quente demais”, a ponto da própria esposa chegar a perceber que algo está errado. Há aqueles que para o sexo estão sempre indispostos e distantes da esposa, alegando, por exemplo, excesso de trabalho, falta de dinheiro, etc., quando ainda não culpam a própria esposa dizendo que esta se encontra “indiferente” ou “fria”, a fim de escapar do ato sexual com a esposa e poder gastar, depois, a sua energia sexual com a “outra”.



Já a mulher reage de maneira diferente. Existem aquelas que sabem que seu marido está tendo um relacionamento extraconjugal, mas procuram fazer “vista grossa” para não terem que tomar qualquer decisão que coloque em risco a sua família. Ao mesmo tempo, ficam sempre na esperança que o seu “maridinho” venha a mudar repentinamente suas atitudes, e, novamente, volte a ser o que era antes: um bom pai e um bom marido.



Existem ainda aquelas que se cansam de esperar pela tão demorada mudança do marido (que normalmente pode não acontecer), e, com isso, elas mesmas se modificam por completo, passando a “pagar com a mesma moeda” as atitudes vergonhosas do marido paquerador. Se antes ela era uma mulher que praticamente não saía de casa, passa a sair constantemente; não cuida mais da casa como antes; não se preocupa mais com o marido e os filhos; sua expressão predileta é: “Cada um que se vire. Já me cansei de fazer tudo, e nunca ser valorizada”. Para ela, o que importa agora é apenas o seu ego, sua aparência, não saindo mais dos salões e das manicures, das academias e dos bares noturnos de preferência bem freqüentados. A casa vira uma verdadeira bagunça, os filhos caem no esquecimento e o marido nem se fala. Se este quer sexo ela está sempre indisposta, reclamando sempre de doença e outras dores mais, podendo mesmo apelidá-la de “Maria das Dores”.



A agressividade dela para com os filhos e com o marido passa a ser exagerada. Exerce sempre cobranças constantes para com o seu companheiro. Nunca está satisfeita com o que ele faz.



Há também, por outro lado, aquelas que nunca se preocupam consigo mesmas. Andam sempre desleixadas, não tendo mais motivação para viver. E o marido, que já se encontrava distante dela, passa a se distanciar ainda mais.



Outro ponto que também corrói o casamento são os ciúmes exagerados existentes entre os cônjuges, a ponto de impedir o outro de “crescer”, de se locomover e de definir caminhos a serem tomados. A verdade é que ninguém é dono de ninguém, e a coisa mais bela que o ser humano pode desfrutar é a sua “liberdade de ir e vir”, mas desde que esta liberdade tenha limites preestabelecidos no sagrado juramento do matrimônio.



O que também ainda destrói o casamento é o fato de um dos cônjuges não querer participar das coisas que o outro mais gosta, e, muitas vezes, tentar ainda impedir que ele continue gostando. Ora, uma das maiores belezas da vida a dois está em querer gostar, da mesma forma, daquilo que o outro mais gosta e aprecia, desde é claro que não seja nada que prejudique a dignidade e o respeito existente entre o casal.



Assim, existem diversos fatores que destroem um casamento, e que também refletem negativamente no dia-a-dia do casal em conflito.



Sobre os pontos que efetivamente constroem e reforçam o casamento, podemos especificar alguns deles. Inicialmente, o de poder enxergar ou perceber que a pessoa com quem você se uniu faz parte de sua vida. Como diz o saudoso poeta Carlos Drummond de Andrade: “quando dois se tornam um, um se torna nada e o nada se torna impossível ”. E tudo isso somente é atingido pelo casal quando houver o amadurecimento do amor prometido no altar.



Outro ponto importante para o casamento são as diferenças existentes entre o casal, desde que essas diferenças sejam vistas, respeitadas e vividas com maturidade entre ambos. Não no sentido de depreciar a pessoa do outro, mas no sentido de tão somente ajudar o outro a crescer.



Não nos esqueçamos também de outro ponto essencial: o do casal sempre arrumar tempo um para o outro. Sair juntos para as compras, supermercados, feiras, atividades esportivas, encontros que envolvam grupos de casais, onde o casal possa vir a crescer junto e descobrir que para viverem a vida a dois terão que se reciclar sempre. Se tudo no mundo muda, por que não mudarmos também? Como diz o célebre escritor australiano KEN O’DONNEL: “ou você muda pela consciência, ou você será mudado pelas conseqüências”. O certo é que, curiosamente, temos que aprender, desaprender, e aprender de novo, se quisermos viver uma plenitude no casamento.








Há casais que acham que na vida não precisam aprender mais nada. Não participam de nada que envolva o relacionamento deste com outras pessoas ou com outros casais. Não se dispõem a trocas as experiências e idéias que porventura venha a expor os problemas do casal. Para eles o que importa apenas é dar boa escola para os filhos, ter uma casa excelente para morar, um trabalho que lhe de o suficiente para sua mantença, quando, na realidade, não é bem assim. O casal que não se relaciona com outros casais em grupos vai se estagnando, deixando de crescer. Quer um exemplo: se você planta uma árvore e nunca rega ou aduba esta planta, o que esperar dela? Ela poderá morrer, como da mesma forma poderão morrer muitos casamentos, que passam a “sobreviver” apenas do passado e das recordações. São casais que estão juntos como se não estivessem. Um não desperta mais atrativo no outro. Não saem mais juntos. Não se dão mais as mãos. Em casa, cada um vive no seu próprio canto. Não passeiam mais juntos. Não namoram. Ninguém se preocupa mais em acompanhar o outro na saída de casa para o trabalho, muito menos em abrir o portão ou a porta quando ele ou ela retorna, mesmo quando este era um hábito constante na fase do namoro, do noivado, e muitas vezes até no início do casamento. Como ele ou ela mudou! E mudou para pior.



Outro item essencial a construção do casamento é o respeito que deve ser mantido entre os cônjuges. Na aceitação de cada um como ele é e não como eu gostaria que ele fosse. O respeito pelo espaço do outro, onde não exista o “dono da verdade”, o “sabe-tudo”. Onde um não tenta humilhar a pessoa do outro. O estar junto significa aprender um com o outro, ajudar o outro a “crescer”. E com isso quem ganha é o casal. E ganhando o casal, ganham os filhos, e passa a reinar, então, a harmonia dentro do lar.



Outro ponto que também constrói o casamento é o elogio sincero e despretensioso que deve existir entre o casal no dia-a-dia. Quem não gosta de ser elogiado? Muitas vezes a pessoa faz tudo pelo outro e o outro não vê. Ou quando vê não fala nada. Mas quando aquela pessoa deixa de fazer algo de bom, a outra reclama e cobra. Por que não elogiar quando o outro faz alguma coisa de bom? Não é demais lembrar que o importante mesmo é você poder fazer algo para o outro sem querer receber nada em troca.



Finalmente, a fidelidade entre os cônjuges é um fator preponderante (senão o maior) para a durabilidade do casamento. É muito triste a descoberta de uma traição cometida por aquele que, num dia todo especial, lhe confiou fidelidade absoluta. É uma confiança que se perde. É um juramento que se quebra. É um casamento que morre da maneira mais violenta possível.



o casal deve, acima de tudo, procurar lutar e usar de todos os recursos que necessário forem para evitar a separação judicial, não existe nenhum casal que tenha passado por um processo de separação dizer que valeu a pena, ou que simplesmente está mais feliz depois que se separou. Há aqueles que dizem que valeu a pena, e que estão felizes. Mas, na verdade, não vejo neles qualquer manifestação de sinceridade. É apenas, sim, uma forma de poder consolar a si mesmo para não cair na depressão total.

A SEPARAÇAO DE UM CASAL É O MAIOR DESASTRE NA VIDA DE UMA PESSOA. Tanto é verdade que, depois de uma separação, dificilmente os descasados voltam a morar com seus pais; e, se chegam a voltar, é sempre em caráter provisório. A verdade única é que, voltar a vida de solteiro quando um dia já se experimentou a vida de casado é muito difícil e complicado, pois ninguém suporta viver na solidão.



O normal é que, após certo tempo, os desquitados acabem se relacionando com outras pessoas, pessoas estas que, muitas vezes, também já passaram por situações semelhantes, e trazem consigo diversas outras complicações, que se somam com as do seu parceiro ou parceira, piorando ainda mais o quadro inicial.



Em última e derradeira hipótese, arremate-se ainda que se porventura o casal não veja mais a possibilidade – por menor e mais remota que seja – de uma reconciliação, que pelo menos a separação se proceda da maneira mais amigável possível, já que, apenas o fato de existirem na grande maioria o envolvimento de filhos do casal nestas situações, é motivo para que os separandos tornem-se, pelo menos, bons amigos. Na realidade, o que ocorre lamentavelmente são cenas em que os cônjuges, na triste disputa judicial em que só se conquistam perdas e feridas irremediáveis, usam dos filhos para denegrir a figura do outro. E com isso, os filhos também passam a sofrer por amarem os pais sem distinção.

O casal, mais amadurecido e consciente dos erros infantis cometidos anteriormente, não voltará mais a comete-los, passando, com isso, a viver uma nova fase na sua vida conjugal.


fonte
http://www.pailegal.net/fatiss.asp?rvTextoId=686881434

'A Era do Gelo' toma lugar de 'Nemo' como animação mais rentável


Demorou seis anos para que o estúdio Fox conseguisse tomar o território dos estúdios Disney-Pixar no domínio do mercado de animações. A Era do Gelo 3, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha, tomou o lugar de Procurando Nemo como a animação mais rentável fora dos Estados Unidos, segundo informações da revista americana Variety.

Então quer dizer que a animação sobre os bichos pré-históricos é a mais rentável do mundo? Não, não é bem assim. Até o momento, A Era do Gelo 3 é a animação que mais arrecadou dinheiro em bilheterias em todos os países do planeta, exceto nos Estados Unidos. Procurando Nemo ainda continua no topo da lista quando somados os dados das bilheterias americanas.

Se você não entendeu a confusão, vale uma pequena explicação: a maioria das pesquisas relacionadas à contagem de bilheterias separam os Estados Unidos dos demais países do mundo. Isso acontece porque lá, nos EUA, o pessoal é apaixonado por cinema e a frequência nas salas é incrivelmente maior do que em outros lugares.

A Era do Gelo 3 estreou no mês passado em vários países e já conseguiu arrecadar US$ 551,4 milhões. Na contagem mundial - que inclui os Estados Unidos -, alcançou US$ 733 milhões. Procurando Nemo tinha alcançado US$ 524,9 milhões fora dos EUA em 2003.

Outro filme que anda se dando bem nas bilheterias é Harry Potter e o Enigma do Príncipe, que já soma US$ 748,7 milhões no mundo inteiro. Em menos de um mês, o filme entrou na lista dos 30 mais lucrativos de toda a história do cinema. E é bem provável que ele tome o lugar do recordista do ano, Transformers: A Vingança dos Derrotados, com lucro de US$ 801 milhões até o momento.

Cachorro da raça Chihuahua virou celebridade no Japão em 2007. Irmão mais novo é único com manchas em ninhada com quatro cães.


Assim como seu irmão mais velho, um cão da raça Chihuahua nasceu com uma mancha em forma de coração, no Japão.

Em maio de 2007, o irmão, chamado de "Heart-kun" (algo como “Coraçãozinho”, em português), virou celebridade depois que uma emissora de TV japonesa levou imagens dele ao ar. A fama do filhote nascido em uma loja de animais no norte de Odate correu o mundo. Mesmo com as propostas de uma série de pessoas que queriam comprá-lo, a dona da loja, Emiko Sakurada, recusou-se a vendê-lo.

O recém-nascido, que recebeu o nome de "Love-kun" ("Amorzinho") é o segundo com a marca dos centenas de chihuahuas que nasceram na loja de Emiko. De uma ninhada com quatro cachorrinhos, é o único com manchas no pelo.

fonte g1
http://g1.globo.com/Noticias/PlanetaBizarro/0,,MUL1256861-6091,00-IRMAO+DE+CAO+COM+MANCHA+DE+CORACAO+NASCE+COM+MARCA+IGUAL.html

João Doria Júnior é mesmo o novo apresentador de O Aprendiz


João Doria Junior foi convidado por Walter Zagari, vice-presidente comercial da Record. Aceitou e começou a negociar o contrato com Honorilton Gonçalves, vice-presidente artístico e número 1 da emissora.

A produção de O Aprendiz deseja há algum tempo emplacar uma edição derivada (spin-off) do reality show comandada por uma mulher. Com a ida de Roberto Justus para o SBT, decidiram apostar na mudança para a edição regular.

Terceira crônica de Nárnia começa a ser filmada

A Viagem do Peregrino da Alvorada, terceiro arco de histórias da franquia As Crônicas de Nárnia, mais uma do gênero realismo fantástico, começou a ser gravado esta semana 28-07-2009, na Austrália. A previsão, segundo a 20th Century Fox, é de que as filmagens acabem em novembro e que o filme seja lançado no Natal de 2010.
O filme está sob a tutela da Fox em parceria com a Walden Media. Isso porque a Disney desistiu do projeto em 2008, após uma campanha não muito bem sucedida de O Príncipe Caspian, a segunda trama da série.

Agora, com um orçamento um pouco mais enxuto que o padrão para um filme em que os efeitos especiais interpretam um papel central, a nova crônica de Nárnia será mais uma vez dirigida por Michael Apted, o mesmo que orquestrou os dois filmes anteriores. O elenco, que havia feito um contrato com a produtora Walden, e não com a Disney, permanece o mesmo.

A trama agora relata o retorno à Nárnia de Lúcia e Edmundo, ao lado do primo Eustáquio, depois que eles entram em uma pintura e vão parar no convés do Peregrino da Alvorada.

O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa e O Príncipe Caspian, os dois primeiros títulos adaptados da série escrita por C.S. Lewis, somaram U$ 1.2 bilhão. No total, Lewis escreveu sete livros que se passam em Nárnia.

Humor

Com seria depois do “FELIZES PARA SEMPRE ’’
Depois de chorar no final do filme, achando tudo aquilo lindo, você nunca ficou imaginando e agora será como que continua?


Bela Adormecida

A Bela e a Fera



Branca de Neve


Chapeuzinho Vermelho


Cinderela



Aladim

Rapunzel

Pendrive de 256 GB

Kingston lança o primeiro pendrive de 256 GB do mundo


A Kingston estabeleceu um novo recorde, a frente de outros fabricantes, com o lançamento do pendrive de 256 GB de armazenamento. O DataTraveler 300 mede somente 70,68 x 22,37 x 16,45 milímetros, e possui capacidade de leitura a 20 MB/seg e gravação a 10 MB/seg. Os compradores do novo pendrive ainda possuem garantia de 5 anos, e ele ainda é compatível com Windows (7, Vista, XP, 2000 & ReadyBoost), Mac OS X10.3+, e Linux.

A companhia, para colocar em prática o quanto o DT300 é versátil, deu alguns exemplos do que é possível se levar o o bichinho: 51328 imagens de 10 Megapixels, ou 48640 arquivos MP3, ou 26116 de álbuns de música, ou 17408 minutos de vídeo MPEG1, ou 195008 documentos do Word/Excel, ou ainda 38976 apresentações do PowerPoint.

Todos os dados podem ser protegidos através do software Password Traveler, que vem incluído na compra. O usuário também pode criar uma "Privacy Zone", ou uma zona de privacidade cujos dados são bloqueados, e somente abertos mediante senha. Agora eu me pergunto: será que os HDs portáteis ainda têm chance de sobrevivência?

No atual momento, o DT300 está disponível somente no Reino Unido, a um salgadíssimo preço de £567, o equivalente a 936 dólares -- ou 1784 reais.


FONTE http://www.guiadohardware.net/noticias/2009-07/4A64B142.html

FRASES PARA REFLETIR

O covarde nunca começa, o fracassado nunca termina, o vencedor nunca desiste.

------------------------------------------------------------------------------


É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem sabe ver.

-------------------------------------------------------------------------------

A sinceridade não é dizer tudo que se pensa, mas crer em tudo que se diz.

-------------------------------------------------------------------------------


Por mais longa que seja a noite, o sol volta sempre a brilhar. Evitar a felicidade com medo que ela acabe, é o melhor meio de ser infeliz.

Atriz de 'Harry Potter' dá risadas após deixar calcinha à mostra



A atriz Emma Watson esteve no programa de David Letterman nesta quarta-feira (8), onde comentou as fotos em que aparece com a calcinha à mostra na première de Harry Potter e o Enigma do Príncipe, em Londres.

Emma ficou com o rosto vermelho de vergonha após ver as fotos, mas levou tudo na brincadeira. "Pelo menos eu estava usando uma calcinha", gargalhou.

A atriz conta que aprendeu uma lição: não se deve ir com saias de fenda ao tapete vermelho. "Eu ainda estou aprendendo", divertiu-se. "Eu nem sequer percebi que isso tinha acontecido."

Emma Watson interpreta a trouxa (não bruxa) Hermione Granger em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, que estreia na próxima quarta-feira. Neste volume, a heroína se vê apaixonada por Rony Weasley (Rupert Grint), mas seus desejos não são facilmente corrrespondidos.

Orkut sucesso só no Brasil e na Índia !

Segundo uma declaração recente da Marissa Mayer, vice-presidente de Pesquisa de Produtos e Desempenho dos Usuários no Google (ou resumindo, a nossa geek preferida), isso acontece simplesmente por causa do fuso-horário. Tudo porque os brasileiros e indianos acessam a internet massivamente em um horário diferente aos dos países mais desenvolvidos, o que fez com que o Orkut oferecesse uma experiência mais satisfatória aos usuários daqui que de países onde o tráfego é concentrado em outros períodos. Resumindo: a gente acessa o Orkut na “madrugada” deles.

Eu discordo. Já falei e volto a repetir: o Orkut faz sucesso no Brasil porque é simples! Compare com o Facebook e em cinco minutos você irá concordar comigo. Apesar de o Facebook ter muito mais funcionalidades (muitas delas depois copiadas pelo Orkut), o layout não é tão intuitivo e fácil de usar como nossa rede social preferida aqui no país.

Tá certo que o Orkut não é lá o site mais bonito do mundo, mas é funcional e permite que a maioria das pessoas, com os mais diversos graus de familiaridade com a web, aprenda a usá-lo rapidamente. Se você entra no Facebook pela primeira vez, provavelmente ficará perdido entre tantas opções e sem saber exatamente aonde ir.

Pesa também o fato de o Orkut ter sido traduzido para o português muito antes do Facebook e vale lembrar que muitos usuários deste fizeram uma campanha para que não fosse traduzido, justamente para que ele não se popularizasse no Brasil, como o Orkut.

Mas também há outro fator que acho determinante: o Facebook é muito mais frio. Basta entrar no Orkut para ver as carinhas dos nossos amigos ao lado, os aniversariantes embaixo, etc. É realmente como estar numa “rede social” com pessoas de verdade. No Facebook não “vemos” as pessoas tão fácil e, por mais que possamos seguir via streaming quase tudo o que nossos contatos fazem, é praticamente impossível obter detalhes da vida de quem não nos autoriza a ser amigos. Ou seja, não permite um dos nossos passatempos preferidos: bisbilhotar a vida alheia.