Dunguismo impera na seleção brasileira

A era Dunga ficou para trás. O que impera agora é o dunguismo e seus dunguistas. O técnico, com seu estilo polêmico, manias e convicções, transformou a seleção numa espécie de religião que jogadores e comissão técnica seguem sem contestação.

Ou você está com ele ou você está contra ele. E, apesar dos entreveros com a imprensa, cada vez mais frequentes na África, a quantidade de seguidores de Dunga cresce com sua seleção.